Cosmos Episódio 05: ‘Blues’ para um Planeta Vermelho

ASSISTA ONLINE - EPISÓDIO LEGENDADO: Depois de Vênus, Marte é o planeta visitado neste episódio. Sagan mostra o fascínio pelo planeta vermelho desde a A Guerra dos Mundos, de H. G. Wells (1866-1946), e seu próprio fascínio pelos romances de Edgar Rice Burroughs (1875-1950), da série de Barsoom, exibindo algumas ilustrações feitas por Michael Whelan (1950-).

62
Links Patrocinados
 

O astrônomo Dr. Carl Sagan nos leva em uma viagem pelo tempo e pelo espaço nesta série de 13 episódios originalmente transmitida em 1980. Sagan apresenta as maravilhas do universo, do microscópico ao incomensurável, de uma forma cativante ao público, tomando a Terra como ponto de referência e falando de forma simples e compreensível a pessoas não acostumadas ao vocabulário científico. Ele compara a exploração espacial a pioneiros dos mares dos séculos passados e usa momentos da história humana – como a biblioteca de Alexandria – para fazer metáforas de futuros acontecimentos espaciais.

São abordados vários tópicos, como as origens da vida, a busca por vida em Marte, a ácida composição da atmosfera de Vênus, o ciclo de vida das estrelas, viagens interestelares, a velocidade da luz, o perigo da autodestruição humana, e a busca por inteligência extraterrestre por rádio.

Links Patrocinados
 

Ao introduzir a ciência ao público, Sagan faz uma profunda reflexão sobre a ligação que temos com o universo. “Somos todos poeira de estrelas.” Ele também incita o espectador a ir além em sua própria busca por respostas, afinal, nossa consciência é forma que o universo encontrou de explorar a si mesmo.

A série foi escrita no fim dos anos 70 e, ainda hoje, suas reflexões sobre a preservação ambiental e sobre as paz entre as nações continuam atuais.

Cosmos Episódio 05: ‘Blues’ para um Planeta Vermelho

Cosmos Episódio 05: 'Blues' para um Planeta Vermelho

Cosmos Episódio 05: 'Blues' para um Planeta VermelhoASSISTA ONLINE – EPISÓDIO LEGENDADO: Depois de Vênus, Marte é o planeta visitado neste episódio. Sagan mostra o fascínio pelo planeta vermelho desde a A Guerra dos Mundos, de H. G. Wells (1866-1946), e seu próprio fascínio pelos romances de Edgar Rice Burroughs (1875-1950), da série de Barsoom, exibindo algumas ilustrações feitas por Michael Whelan (1950-). Assim, Sagan passa para as anotações fantasiosas de Percival Lowell (1855-1916), seguindo pelo desenvolvimento dos foguetes feito por Robert Goddard (1882-1945), até o lançamento das sondas Viking 1 e Viking 2, que buscaram sinais de vida no planeta vermelho. Nesse ponto, o experimento de seu falecido amigo Wolf V. Vishniac (1922-1973) é lembrado como uma possibilidade de encontrar vida em solo marciano, bem como o projeto de rover elaborado pelo Instituto Politécnico Rensselaer. Por fim, Sagan especula a respeito de uma teórica terraformação em Marte que eventualmente pudesse derreter o gelo das calotas marcianas, retornando aos canais fantasiosos de Percival Lowell relatados no início do episódio.

Geplaatst door Conexão UFO op Vrijdag 20 september 2019

Depois de Vênus, Marte é o planeta visitado neste episódio. Sagan mostra o fascínio pelo planeta vermelho desde a A Guerra dos Mundos, de H. G. Wells (1866-1946), e seu próprio fascínio pelos romances de Edgar Rice Burroughs (1875-1950), da série de Barsoom, exibindo algumas ilustrações feitas por Michael Whelan (1950-).

Assim, Sagan passa para as anotações fantasiosas de Percival Lowell (1855-1916), seguindo pelo desenvolvimento dos foguetes feito por Robert Goddard (1882-1945), até o lançamento das sondas Viking 1 e Viking 2, que buscaram sinais de vida no planeta vermelho.

Nesse ponto, o experimento de seu falecido amigo Wolf V. Vishniac (1922-1973) é lembrado como uma possibilidade de encontrar vida em solo marciano, bem como o projeto de rover elaborado pelo Instituto Politécnico Rensselaer.

Por fim, Sagan especula a respeito de uma teórica terraformação em Marte que eventualmente pudesse derreter o gelo das calotas marcianas, retornando aos canais fantasiosos de Percival Lowell relatados no início do episódio.