Implante Cerebral pode ajudar paraplégicos a andar de novo

Uma inovadora tecnologia revelada recentemente pode permitir que paraplégicos andem novamente. O implante envia sinais sem fio do cérebro para a parte inferior da coluna vertebral.

61
Links Patrocinados
 

A interface neuroprostética, desenvolvida por uma equipe internacional de cientistas e técnicos, atua como ponte entre o córtex motor do cérebro e a coluna vertebral. Os sinais cerebrais são capturados por um implante no crânio e então traduzidos por um pequeno equipamento, que transmite a informação – sem fio e imediatamente – para eletrodos implantados na coluna vertebral.

Os eletrodos espinhais são colocados na região lombar, abaixo da lesão que de outra forma impede que os sinais passam através dos nervos. Os eletrodos, por sua vez, estimulam os caminhos neurais que ativam os músculos da perna quando andam ou correm. A interface essencialmente cria uma conexão sem fio entre o cérebro e a coluna vertebral, potencialmente permitindo que aqueles com lesões medulares andem novamente.

Links Patrocinados
 

Até agora, o sistema só foi testado em macacos, mas os resultados iniciais indicam que o sistema poderia trabalhar com seres humanos, de acordo com a equipe de pesquisa.

David Borton, professor assistente de engenharia da Brown University e co-autor do projeto, disse que os estudos de estimulação espinhal com seres humanos estão sendo avaliados, mas ainda não existem ensaios clínicos em andamento.

Veja mais detalhes no vídeo abaixo (em inglês):