Máscara de Lendário Rei Maia do Século 7 é Encontrada no México

O objeto foi descoberto junto com outros do mesmo período e os arqueólogos pretendem estudar a tumba do líder nos próximos anos.

Links Patrocinados
 

Arqueólogos encontraram uma máscara que representa um dos maiores governantes da história do território mexicano: Pacal, o Grande, que se tornou rei aos 12 anos e governou a cidade maia por mais de 68 anos ao longo de sua vida.

A descoberta foi anunciada pelo Instituto Nacional de Antropologia e História do México (INAH) e ocorreu durante uma investigação feita no conjunto arquitetônico El Palacio, que fica no sítio arqueológico de Palenque, em Chiapas.

Em uma das estruturas, chamada Casa E, os arqueólogos encontraram a máscara que representa Pacal, o Grande.

Máscara de Pacal, o Grande (Foto: Héctor Montaño, INAH)

A máscara representa bem o fim da vida de Pacal: o rosto tem os traços de um homem velho e experiente. Acredita-se que ela tenha sido produzida com estuque, um tipo de argamassa feita a partir de gesso, água e cal.

Também foram encontrados outros objetos do período Clássico Tardio, que corresponde a 684 a 720 d.C.

“É notável que, ao contrário de outros sítios arqueológicos maias onde as representações são genéricas, em Palenque muitas das características específicas do período e das pessoas que o viveram lá em murais ou esculturas”, afirmou o arqueólogo Benito Venegas Duran.

O Projeto de Conservação para os Elementos de El Palacio tem como objetivo estudar e conservar a região. A equipe irá escavar e analisar as casas B e D e depois chegarão na Casa A.

Além disso, com o apoio do governo dos Estados Unidos, o projeto investigará a tumba de Pacal, no Templo das Inscrições, uma grande pirâmide de El Palacio.

Representação da tumba de Pacal presente no Museu Nacional de Antropologia (Foto: Wikimedia/El Comandante )

Os arqueólogos estão em busca de aparelhos tecnológicos que possam usar para detectar a presença de objetos ou corpos dentro da tumba.

As paredes da tumba contêm uma série de saliências que representam os senhores que acompanhavam Pacal em suas viagens, mas os estuques nunca endureceram em termos químicos. Apesar de sua aparência sólida, são muito sensíveis a mudanças de temperatura e umidade, a contaminação e ao tato.