Vídeo da NASA mostra como Amazônia é fertilizada pelo deserto do Saara

Um vídeo disponibilizado pela NASA é mais uma das demonstrações de como a natureza surpreende cada dia mais. Um mar de areia saindo do Deserto do Saara em direção à floresta Amazônica, fazendo uma viagem de mais de 5000 km.

152
Links Patrocinados
 

Cientistas da NASA realizaram o primeiro estudo plurianual usando dados de satélite para medir a distribuição 3-D de poeira que viaja do deserto do Saara para a floresta amazônica.

Os dados foram coletados pelo Satélite Calipso entre os anos de 2007 a 2013. O satélite da NASA foi lançado em 2006 para estudar a estrutura vertical de nuvens e partículas na atmosfera da Terra.

Links Patrocinados
 

O estudo mostra que cerca de 182 milhões de toneladas de poeira do Saara cruzem o oceano Atlântico, sendo que 28 milhões de toneladas chegam na bacia amazônica por ano.

O Dr. Hongbin Yu, cientista pesquisador da NASA, explica que todo o ecossistema da Amazônia depende da poeira do Saara para reabastecer suas reservas de nutrientes, essa poeira do Saara acrescenta fósforo, que é um nutriente importante para as plantas, aos solos da floresta amazônica, fertilizando-os.

Usar satélites para obter uma imagem clara da poeira é importante para entender e, eventualmente, usar computadores para modelar onde essa poeira vai, agora e em futuros cenários climáticos.


Veja mais detalhes e informações no video acima, feito pela NASA e legendado em português pela equipe do Conexão UFO.